Home / Noticias 2008 / 08-144

 

10ª edição da Adventure Sports Fair marca o lançamento oficial da Sociedade Brasileira de Aventura


Os 10 anos da Adventure Sports Fair, maior feira de esportes e turismo de aventura da América Latina, marcam uma conquista importante para o mundo da aventura no Brasil. Durante a edição de 2008, que acontece de 4 a 7 de setembro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, será oficialmente lançada a Sociedade Brasileira de Aventura – BAS.

Trata-se de uma associação inédita no País e a consolidação natural das ações preconizadas pela feira, iniciada em 1998. “Entre os alicerces da Adventure Sports Fair estão o incentivo ao crescimento sustentado do mercado de esportes e turismo de aventura, à proteção ambiental e ao apoio às pessoas que organizam expedições foram sempre prioritários. A feira transformou-se em um gigantesco fórum de discussão sobre o universo dos esportes e turismo de aventura e nada mais natural do que criar uma entidade que concentre todos esses assuntos”, diz o diretor presidente da BAS e diretor da Adventure Sports Fair, Sérgio Franco.

Sem fins lucrativos ou finalidade econômica, a BAS foi concebida para desenvolver, incentivar, apoiar e divulgar o esporte, as expedições e o turismo na natureza, visando aproximar as pessoas do meio ambiente natural e cultural, conscientizando-as e mobilizando-as para práticas de proteção e conservação dos ecossistemas e valorização das culturas locais. A entidade tem como missão facilitar a descoberta da aventura como estilo de vida, por meio do turismo, esportes de aventura ou expedições autônomas e está focada na pessoa física.

Segundo os diretores da nova organização, a BAS terá um plano de ações visando parcerias com órgãos públicos e privados, empresas e outras ONGS para desenvolver projetos orientados para difusão do conceito e da prática do turismo e de esportes de aventura, além de promover o País como destino cultural e turístico. “A organização incentiva, apóia e divulga aventuras que busquem novos conhecimentos re aprimoramento do ser humano, tendo com princípio o respeito à natureza e à cultura local e que sejam planejadas de forma segura, social e ecologicamente correta”, destaca Sergio.

Em conjunto com a Adventure Sports Fair, a BAS apóia projetos de aventura com base na preservação das culturas locais, do meio ambiente e do desenvolvimento humano, tais como: as aventuras da Família Müller, os atendimentos médicos gratuitos da ONG Médicos da Terra, o trabalho do fotógrafo André Dib, o casal que deu a volta no mundo batizada de Challenging your Dreams – A World Adventure, entre outros projetos.

Aventureiros renomados fazem parte do conselho da ONG e tem a oportunidade de contribuir com suas experiências na análise de projetos e ações da entidade. Waldemar Niclevicz, primeiro brasileiro a completar os Sete Cumes do Mundo, a escalada da maior montanha de cada um dos continentes e Renata Falzoni, consultora e vídeo-repórter atuante na ESPN/Brasil são alguns dos nomes que contribuem nas atividades desempenhadas pela entidade.

Para aqueles que ainda não são adeptos desse estilo de vida, mas se interessam pelo tema, o site da BAS (www.brazilianadventuresociety.org.br) ou simplesmente www.bas.org.br , terá um banco de projetos de expedições, informações sobre como organizar uma expedição, dicas de roteiros, notícias e um fórum exclusivo para troca de mensagens sobre temas ligados à aventura.

ENTIDADE LATINO-AMERICANA DE AVENTURA
De acordo com Sergio Franco, a criação da BAS é o primeiro passo para a concretização de um objetivo ainda maior: a congregação de outros países para a formação de uma entidade latino-americana de aventura. “Começamos com ações no Brasil, mas nossa intenção é reunir outros países latino-americanos e formar uma grande entidade para promover a América Latina como destino de aventura em todo o mundo”, afirma.

A BAS representa um importante passo no amadurecimento do mercado turismo e esportes de aventura no Brasil, que atualmente possui com faturamento superior a R$ 290 milhões ao ano. O setor encontra-se em um momento favorável e propício a investimentos. Nacionalmente apresentou um aumento médio de 15% ao ano no faturamento global, desempenho três vezes maior do que o alcançado pelo Produto Interno Bruto (PIB). Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística), as atividades do turismo já representam 7,15% da economia nacional e 11% do setor de serviços.

SERVIÇO:
Adventure Sports Fair 2008
Centro de Exposições Imigrantes
Rod. dos Imigrantes Km 1,5
São Paulo - SP
04 a 07 de Setembro de 2008
Quinta a Domingo das 14h às 22h

 

Fonte: http://www.ecoviagem.com.br/