Home / Notícias 2012 /

Arena Gastronômica é destaque no Festival do Turismo do Litoral

 

A releitura de pratos típicos do litoral, como o barreado e peixe seco, foram as atrações da Arena Gastronômica, evento que acontece no II Festival de Turismo do Litoral, que tem patrocínio da secretaria de Estado do Turismo. O Festival, que é itinerante, ocorreu nos sete municípios do litoral e termina neste domingo (19), em Matinhos, definido como sede do evento de 2013.

De acordo com o secretário de Turismo do Paraná, Faisal Saleh, o Festival destaca os produtos regionais voltados à gastronomia, ao artesanato, ao lazer, à história e à natureza. "A gastronomia do litoral tem grande potencial e mistura em seus sabores qualidade, tradição e prazer", afirmou.

Promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Litoral Paranaense, a Arena Gastronômica traz as especialidades da região, que se destacam pelos temperos e formas de preparo. Para o presidente da Abrasel Litopar, Manuel Alapont, é importante demonstrar o potencial gastronômico da região. "A ideia é que as pessoas conheçam nossos pratos típicos e nossa gastronomia e movimentem o litoral também na baixa temporada", disse.

Degustações - A Arena Brasil Sabor Segredos dos Chefs apresentou o Sushi do chef Samaroni e o Cassoulet de Frutos do Mar, do chef Plínio Aguiar. Segundo Samaroni, o evento foi muito produtivo. "O sushi não é muito conhecido e consumido no litoral. Por isso a feira está sendo uma boa vitrine e um meio de divulgar o produto", disse.

Também houve degustação da cerveja artesanal Ozean. Produzida em Paranaguá desde 2010, pelo engenheiro químico Leonardo Kossatz Lopes, a cerveja se diferencia pela adição de ingredientes tradicionais do Paraná. "Pegamos receitas antigas e introduzimos, por exemplo, a Cataia, folha usada aqui no litoral para temperar a cachaça".

No sábado (18), a Arena Gastronômica teve a participação dos chefs do Centro Europeu. Carlos Henrique Mancuzo apresentou "A Arte Branca de Sofia", pãozinho recheado com mortadela, queijo coalho e castanha do Brasil. A "Torta Caprese" é a versão de Enzo Ambrosetti para o browne italiano, preparado com castanha do Pará, chocolate amargo café e ovos. Sandro Duarte preparou Polpettone, um clássico italiano com gostinho brasileiro.

Neste domingo, 19, está à prova a criatividade dos chefs do litoral: a Pizza de Barreado, de Curt Matherne, de Morretes, e o Camarão ao Fim da Triha, especialidade de Manuel Alapont, da Ilha do Mel. Os dois pratos serão harmonizados com a cerveja artesanal Porto de Cima, de Morretes, que também produz cerveja de banana.

 

 

 

 

 

 

 

 

Manutenção e Atualização: KR Comunicação Integrada